Duas novas patentes recentemente registradas pela Nintendo, sugerem que um dos planos da gigante japonesa é aplicar uma tecnologia que permite aumentar a resolução visual de um jogo para 4K por Inteligência Artificial, ou seja; aumentar a quantidade de pixel na tela por A.I. sem exigir ou sacrificar o processador central do console – tecnologia de upscale gráfica semelhante à DLSS da Nvidia.

Confira abaixo um vídeo promocional da tecnologia aplicada pela Nvidia como referência, e explicada por Alexandre Zieberg – Gerente de Marketing técnico da empresa de tecnologia:

Efetuados em março de 2020, mas oficialmente publicados em setembro deste ano, os registros descrevem a tecnologia como “sistemas e métodos de conversão de imagens aprendidos por máquina”.

Tecnicamente, o processo de upscale gráfica por inteligência artificial é feita: “quando é selecionada uma imagem, ela se divide em blocos de pixels e cada um dos blocos, recebe uma identificação contextual. Então, o sistema adiciona todos os blocos a uma matriz de ativação, que utiliza uma rede neural treinada por inteligência artificial para converter a imagem em uma outra com a resolução mais alta sem sobrecarregar o processador acoplado em uma máquina física”; ou seja, sem que o processador do console seja sacrificado.

Ainda não sabemos se a patente será ou não aplicada pela Nintendo; mas de qualquer forma, a documentação detalha que a tecnologia descrita poderia ser utilizada – e uma delas, é bem parecida com a forma como o Nintendo Switch funciona.

Em um dos exemplos utilizados, descreve como o sistema trabalharia a tecnologia em um processo idêntico ao já aplicado pelo Switch, rodando jogos em uma resolução mais baixa quando a bateria interna é utilizada em modo portátil. A outra é quando a plataforma é conectada a uma fonte de energia externa, como a uma TV para exibir gráficos com 1080p de resolução.

A patente registrada também detalha uma outra situação em que a tecnologia possa ser aplicada em um jogo computado na nuvem – a Cloud Gaming, já adotada e aplicada em versões de Assassin’s Creed Odyssey, CONTROL Ultimate Version, Hitman 3 e Resident Evil 7 Biohazard.

Os sistemas de jogos baseados em nuvem enviariam uma imagem comprimida e de baixa resolução ao dispositivo final, e a tecnologia manipulada por inteligência artificial aplicada faria o upscale para 1080p, oferecendo aos usuários imagens mais nítidas, bonitas e com baixa latência.

Em um dos trechos, o documento especifica que “embora o diagrama mostre imagens de 540p sendo aprimoradas para 1080p”, a patente revela que o processo é capaz de fazer upscalling para resolução ainda maiores – aprimorando as imagens para 4K.

Será que um dos planejamentos da gigante japonesa é estender o ciclo de vida útil de sua plataforma híbrida aplicando a tal tecnologia? Desde o seu lançamento, o Nintendo Switch já contabiliza 5 anos no mercado. E muito bem, obrigado.

Créditos: Nintendo

Curiosamente, o novo modelo do Nintendo Switch – o Nintendo Switch OLED inclui no pacote uma Dock com porta de entrada para cabo HDMI 2.0, compatível com a resolução 4K e 60 frames por segundo. Com o seu lançamento marcado para o dia 08 de outubro, o console já chegou ao lar de alguns jogadores internacionais e com isso, ele começa a ser destrinchado com o intuito de encontrar diferenças com o modelo tradicional do Switch.

De acordo com os testes feitos pelo canal Nintendo Prime descobriu que a porta de entrada da nova Dock traz a tecnologia 2.0. (que representa um salto da versão 1.4 utilizado nos modelos base), preparada para rodar conteúdo em 4K com 60 quadros por segundo e tecnologia HDR.


Ainda assim, pelo menos por enquanto, a dock está limitada a trabalhar a 1080p 60FPS.

Vale a pena ressaltar de que o lançamento de uma versão Pro com suporte à 4K do Switch já foi negada, desmentida e descartada pela Nintendo.

Então, a aplicação da tecnologia da patente registrada, pode ser uma das alternativas que a Big N tenha guardado nas mangas para justificar a permanência relevante da plataforma nos próximos anos.

Marque o blog da BIG BOY GAMES nos Favoritos para ficar por dentro das atualizações.

*Por Cayo Eduardo. (Equipe BIG BOY GAMES)

Fonte: freepatentsonlineVideogameChronicles