O lançamento do próximo projeto ambicioso de SHINJI Mikami. (Criador de Resident Evil e The Evil Within) para o PlayStation 5, GHOSTWIRE: TOKYO pode estar próximo. Desenvolvido por seu estúdio TANGO Gameworks e publicado pela BETHESDA, o jogo de terror de sobrevivência com doses de horror psicológico em primeira pessoa foi classificado pelo Ministério da Justiça do Governo no Brasil de dezembro de 2021. Curiosamente, o jogo foi indicado para maiores de 14 anos – o que contraria o histórico dos jogos de terror criados e desenvolvidos pelo game designer japonês à exemplo da temática pesada de Resident Evil e especialmente, The Evil Within.

O órgão responsável pela classificação destaca que o jogo terá linguagem imprópria e violência. Ao se aprofundar no universo de GHOSTWIRE: TOKYO, fica mais fácil de entender o porquê ele não recebeu a indicação para acima de 18 anos – ao invés de armas de alto calibre que resultem em decapitações e outras formas de violência explícita, a nova cria de Mikami terá um sistema de jogabilidade a partir dos fenômenos e poderes paranormais manifestados na metrópole de Tóquio quanto invocados pelo protagonista que irá agir como um caçador de espíritos. Leia o release oficial para sentir o drama…

Planeta Terra, Cidade Tóquio alucinada, hipnótica e assombrada…

A cidade de Tóquio foi tomada por forças sobrenaturais devido ao plano de um ocultista perigoso, fazendo com a população da cidade desaparecesse em um instante.

Alie-se a uma poderosa entidade espectral em busca por vingança e domine um poderoso arsenal de habilidades para desvendar a verdade sombria por trás dos desaparecimentos ao enfrentar o desconhecido em GHOSTWIRE: TOKYO.

Portanto, explore uma visão única de Tóquio, distorcida pela presença sobrenatural. Das paisagens urbanas ultramodernas aos tradicionais templos e becos estreitos, descubra uma cidade impressionante e tomada pelos Yokais – espíritos vingativos que vagam pelas ruas. Descubra marcos icônicos, como o Shibuya Crossing e a Torre de Tóquio, congelados no tempo no momento que a população desapareceu, e viaje até o submundo surreal na missão para salvar sua família.

Apropria-se das suas habilidades elementais devastadoras.

Utilize uma combinação de poderes elementais, que podem ser melhorados, e de habilidades dos caçadores de espíritos para enfrentar a ameaça sobrenatural. Use suas habilidades etéreas para chegar ao topo da linha do horizonte de Tóquio e pairar pelas ruas, descobrindo nossas missões ou mesmo pegando os inimigos de surpresa.

O seu novo projeto terá mais características sobrenaturais e suspense, do que sustos em si. Mas não faltarão ideias criativas e bizarras para recriar o universo do jogo a partir das manifestações paranormais. De acordo com o portal PlayStation, GHOSTWIRE: TOKYO terá suporte à 4K de resolução dinâmica, HDR e Ray-Tracing.

Nós começamos com a ideia que a diretora (Ikumi Nakamura) tinha e queria fazer. A equipe inicial começou com cinco pessoas e trabalhamos nisso por seis meses. Então expandimos para dez pessoas e trabalhamos por alguns anos antes de entrarmos em produção máxima. Este é provavelmente o jogo no qual eu mais trabalhei. ” – admite SHINJI Mikami.

O poder de imersão do PlayStation 5.

Sendo preparado exclusivamente para o PS5 nos consoles em sua estreia, o game não poderia deixar de aproveitar os recursos do novo videogame da Sony. Segundo o diretor KENJI Kimura, o game irá reaproveitar todos os recursos proporcionadas pela tecnologia do hardware do PlayStation 5 para trazer grande imersão à experiência do jogador.

Você precisa experimentá-lo diretamente porque é muito difícil de explicar tanto verbalmente como em texto, pois a resposta tátil e os gatilhos adaptativos do DualSense são tão bons que fizeram nós desenvolvedores dizermos “uau!”. Isto porque essas tecnologias nos fizeram sentir várias ações e ataques como nunca antes. Te faz sentir que você está realmente lá, sentir os objetos e coisas que estão mesmo lá, o som é extremamente importante. Você vai ‘sentir’ as coisas ao seu redor com o áudio 3D. ” – explora Kimura.

Em relação ao joystick DualSense, Kimura citou a tecnologia de resposta tátil e os gatilhos adaptáveis que impressionaram a equipe de desenvolvimento porque tais capacidades fazem os jogadores se sentirem dentro do jogo. Além disso, Kimura destacou o áudio 3D como outro recurso que elevará o nível de gameplay. O lançamento do jogo continua previsto para o início de 2022. Com a classificação já concluída, a redação da BIG BOY GAMES acredita que as empresas estejam prestes a anunciar uma data de lançamento. Oremos! (Risos)

Por Cayo Eduardo. (Equipe BIG BOY GAMES)

Fonte: PlayStationYouTube/PlayStation