Apelidado como o “Quentin Tarantino japonês da indústria dos videogames”, SUDA51 ou GOICHI Suda (de No More Heroes, Shadows of the Damned, Killer7, Killer is Dead, Lollypop Chainsaw) voltou a falar sobre o seu grande desejo de trabalhar em algum jogo desenvolvido pela MARVEL.

Desta vez, parece que a história se desenrolou…

Em uma recente entrevista à revista japonesa Automaton, ao ser questionado sobre os planos de seu estúdio Grasshopper Manufacture Inc. para os próximos dez anos, o diretor de No More Heroes III revelou que está em negociação com o departamento de games da MARVEL:

De agora em diante, gostaríamos de criar três novos IPs (Propriedades Intelectuais) e lança-los um por um.

No entanto, também dissemos que gostaríamos de fazer IPs baseados em obras originais atraentes, se houver alguma. Acho que isso vai depender das discussões que temos com a Marvel Studios. Se a Marvel aparecer com algo bom, pensaremos nisso”.

SUDA51 ainda brincou: “Me desculpe, eu estava dizendo que de cima para baixo, eu estava apenas brincando.

Mas tivemos algumas reuniões com a MARVEL, e conversamos sobre a possibilidade de trabalharmos juntos em algo. Esperamos que o poder dos videogames ajude a aumentar essas oportunidades”.

Em abril do ano passado, durante um bate-papo com a divisão japonesa do site IGN, SUDA51 havia mencionado que estava interessado em trabalhar em um novo jogo de Deadpool:

“Mas [em termos de] o tipo de coisas que eu adoraria fazer, eu também adoraria trabalhar com a Marvel em um jogo de Shatterstar ou Deadpool, algo tipo de Gafanhoto-y assim. Talvez um título quicksilver de algum tipo. Então, MARVEL, você sabe”.

Sabemos que a ACTIVISION já havia se aproximado do game designer e diretor japonês para conversar sobre o desenvolvimento de um novo jogo protagonizado por Deadpool, mas os planos falharam.

Falando sobre outros planos relacionados da Grasshopper Manufacture, em outubro de 2021, o estúdio se juntou à gigante chinesa de videogames NetEase – a mesma empresa que se associou com o criador de Monkey Ball e Yakuza – Toshihiro Nagoshi.

Não é de hoje que SUDA anda falando demais sobre seus desejos, em especial, o seu interesse de desenvolver e ressuscitar uma antiga I.P. da Nintendo como Nazo no Murasame Jo; ou “O Misterioso Castelo Murasame” – Clássico jogo de aventura da Nintendo para o Famicom Disk System que eventualmente, foi transferido para o Virtual Console do Wii U e Nintendo 3DS e que, curiosamente, era um jogo desenvolvido com o mesmo motor gráfico de The Legend of Zelda.

Em 2012, a atmosfera e a premissa do jogo foram revisitadas por um dos minigames de Nintendoland – Jogo casual de estreia do Wii U e que tecnicamente, demonstrou um dos potenciais da tecnologia de jogabilidade assimétrica do GamePad com a TV.

Em Nazo no Murasame Jo, o jogador assume o controle de Takamaru – um aprendiz de Samurai que carrega a missão de derrotar tanto uma criatura alienígena que tomou conta do castelo imperial titual, quanto os “daimyos’ de castelos vizinhos que foram corrompidos pelo poder do referido alienígena. “ – explicou SUDA.

Pois bem. Só pelo contexto non-sense do clássico jogo da Nintendo, é fácil entender o porquê seria intrigante reviver o jogo com as maluquices que só o diretor de No More Heroes é capaz de recriar.

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos de SUDA51.

Por Cayo Eduardo. (Equipe BIG BOY GAMES)

Fonte: NintendoLifeVGC