Sabemos que em 2017, um projeto exclusivo da PlatinumGames que prometia potencializar e elevar toda a experiência que o diretor HIDEKI Kamiya aprendeu com Devil May Cry em um Hack’n Slash de grande escala para o XBOX ONE, foi cancelado durante a oitava geração de consoles.

Só para constar, Scalebound é um antigo projeto da PlatinumGames, que foi projetado e pensado para Wii. (O console de natureza diferente da Nintendo). O fato do estúdio japonês não ter conseguido trabalhar com as ferramentas da Unreal Engine e recursos online, foram algumas das causas para o cancelamento de forma traumática – especialmente aos olhos da indústria.

Cena de gameplay de Bayonetta 3. (Exclusivo do Nintendo Switch), que será lançado neste ano.

Ao longo dos anos, uma de suas mecânicas de batalhas inventivas de Scalebound foi oficialmente reaproveitada e transferida como uma das habilidades da feiticeira fashionista Cereza em BAYONETTA 3. (Exclusivo do Nintendo Switch): permitindo que os jogadores controlem os Summons invocados contra criaturas demoníacas em duelos apoteóticos que de longe, relembras às batalhas de Godzilla, Ultraman e outras séries de Tokusatsu.

Como de costume, trollando os jornalistas do portal VideoGames Chronicles, HIDEKI Kamiya disse que deseja ressuscitar Scalebound de alguma forma e em tom de ironia, admitiu que o time de desenvolvimento do estúdio japonês poderia conversar com a Microsoft, com a Nintendo, Sony, CAPCOM, Konami ou qualquer outro estúdio. Assumindo a total responsabilidade sobre o cancelamento do projeto na época, Kamiya contrariou a descrença da comunidade gamer com as seguintes palavras:

…muitas vezes eu gostaria de ressuscitá-lo. 

Seu que os fãs realmente querem jogá-lo e sinto muito não poder dar a eles quando os ouço pedir.

É algo que eu pensei ter dito, ou tentando comunicar durante anos. Afirmei isso em entrevistas anteriores e não tive uma reação, mas agora, finalmente, houve uma grande expectativa do público. Fiquei feliz. Em todo caso, não, não estou brincando: estou falando muito sério sobre o assunto.

Por fim, Kamiya disse que deseja ver o projeto de Scalebound finalizado.

Por Cayo Eduardo. (Equipe BIG BOY GAMES)

Fonte: VideoGamesChronicles