Olá Player’s!

Aqui quem fala é o Zero.
Hoje vou falar com vocês sobre um jogo inesquecível que está completando 5 anos.

The Witcher III: Wild Hunt.

Com um mundo repleto de perigos e monstros à espreita, prontos para lhe atacar, The Witcher te faz andar por vales e cidades que a maioria não se atreve a passar nem perto. Empunhe sua espada, prepare seus feitiços, monte em seu cavalo e venha comigo nessa jornada.

Nossa aventura está em um gigantesco cenário medieval onde somos o lendário bruxo Geralt de Rívia. Nossa longa jornada tem início pelos Reinos do Norte, quando Geralt está em busca de Yennefer, uma antiga aliada.

Além disso, Geralt foi designado para a missão de recuperar Cirila, que foi treinada por ele para se tornar um tipo de herdeira de suas missões e habilidades.

Yennefer, Geralt e Cirila

Se os monstros já não fosse problema suficiente para nós, ainda temos o misterioso e macabro exército de cavaleiros vermelhos chamados de “Caçada Selvagem” deixando somente sangue e um rastro de destruição por onde passa.

Jogabilidade

Com vários comandos, um para cada ação, e uma infinidade de possibilidades – é botão que ataca, botão que pula, defende, corre, anda, seleciona magia, ataca com magia, combinações de golpes, defesa e contra-ataque (famoso jogo que tu apanha porque não lembra qual botão faz o quê).

Lutas voltadas para a ação, com muita pancadaria, cortes de espada com sangue voando pelo ar, magias devastadoras que são conjuradas em questão de milissegundos para abater aquele inimigo em sua frente.

Acho que alguém vai ter dificuldades em amarrar as botas a partir de agora

Fora isso, temos também o “modo bruxo”, que o faz enxergar elementos secretos nos cenários e rastrear presas com mais precisão.

Felizmente, o jogo possui um tutorial um pouquinho longo, porém agradável, que vai te ensinar a base desses comandos.

Gráficos

The Witcher te coloca literalmente dentro do mundo medieval e fantasioso, com cenários repletos de itens salvando a sua vida, bem trabalhado e com bastante informações para você olhar. A cada nova olhada no mesmo ponto que você já se encontrava notamos um item novo a ser observado.

Trilha Sonora

Com uma ambientação medieval super bem trabalhada, as músicas do jogo se fazem presentes quando devem, e saem de cena da mesma maneira que entraram, com sons ambientes nítidos e no tempo certo.

Em seus 5 anos de lançamento podemos dizer que o jogo envelheceu muito bem. Vindo inspirado em livros de mesmo nome e com uma série na Netflix, The Witcher conquistou uma legião de fãs e continua conquistando até os dias de hoje.

Com mais de 200 prêmios ganhos depois de apresentado em eventos como a E3 e a Gamescom ainda antes de seu lançamento, The Witcher 3 quebrou surpreendentes recordes de premiações.

O game se tornou o mais premiado na história, conquistando gratificações de organizações como: Golden Joystick Awards, The Game Awards, D.I.C.E. Awards, Game Developers Choice Awards, e SXSW Gaming Awards.

Premiação Game Developers Choice Awards

Atualmente, o game acumula mais de 800 prêmios recebidos, sendo mais de 250 deles o de Jogo do Ano, o feito máximo para um jogo.

Podemos dizer que o Bruxão não está para brincadeira – desculpa Harry Potter, mas o bruxo aqui na área dos games é o melhor.

Isso é tudo pessoal, vou ficando por aqui!

Boa jogatina para vocês player’s!
E até a próxima! Zero desligando.